2004/06/30

Euro Comix #04

Mais um detalhe da bd Euro Comix, a série que o Paulo e o Nuno estão a fazer para o Die Wochenzeitung [para saber o que é isto, cliquem aqui].


Nuno Saraiva © 2004

Esta bd foi sobre a alegria com que fazemos a festa sempre que a nossa Selecção ganha. Ficam mais uma vez aqui os títulos, por ordem de publicação, claro.
#04 Febre da Festa
#03 Febre da Bandeira
#02 Febre do Amor
#01 Febre do Relvado.

Democracia das Bolachas

Acreditem, a canção e o voto já não são armas, isto sim.

2004/06/25

OPERAÇÃO PARTY

ESCRITA FINA de AMANHÃ
Nuno Saraiva © 2004

Amanhã na Única do Expresso fala-se da falta de fair-play social [eles perderam e não gostaram, toda a gente sabe disso], e de como é que a minha amiga Victoria pode continuar o Euro longe do Rossio.Prontinha para carrinhos e tabelinhas nocturnas, e com muita bulimia mediática à mistura, lá fui eu arranhando o meu inglês. Ninguém saiu beliscado, acho.

Participações Especiais na Operação Party:
Victoria Beckham,
Danny Boy,
Croquete Man
e Banana Girl.

2004/06/23

Beijou Mesmo?!

Enviaram-me um e-mail, a propósito do Luís [ou Luiz?!] Felipe Scolari e de um tal de Beijoqueiro mencionado na bd Um Emplastro no Coração, a perguntar se é verdade ou não que o último beijou o primeiro. É, é mesmo verdade, e a prova está aqui [atenção: fotografia mesmo no fundo da página].

Tanto quanto sei o Senhor José Alves de Moura é português e vive numa favela desde que se lembra*, e vai beijando quem passa e quem quer, daí ser conhecido como o Beijoqueiro. Tem um currículo invejável, beijou de cima a baixo e da esquerda à direita, tanto que houve uma dupla sertaneja [?!] que lhe dedicou uma música, da qual fica aqui uma breve passagem:

Beijoqueiro

Beijoqueiro
Beijoqueiro

Oitava maravilha
Apoteose
Jóia de patrimônio[sic]
Luso-tupi-guarani

Super campeão de beijos
O povo pede bis
Piloto do desejo
De ver o povo feliz
Beijoqueiro © Kleiton Ramil e Kledir Ramil

Não sei se o Beijoqueiro beijou o Kleiton e o Kledir Ramil [… até parece que estou a falar de um normalizador da flora intestinal e de um anti-inflamatório da mesma marca], aquilo que eu sei é que no seu invejável e longo currículo de 5.000 “beijados”, dizem que são 100.000, mas eu não acredito, constam nomes como Frank Sinatra, Roberto Carlos, Xuxa e o Papa João Paulo II, como também foi mencionado nessa bd. Fiquei a conhecer o Beijoqueiro aí uns cinco, vá lá, seis anos, muito antes da Bienal de São Paulo, no Centro de Arte Contemporânea de Barcelona, através do documentário Beijoqueiro - Portrait of a Serial Kisser de Carlos Nader, que além de hilariante, tentava dar a entender que o mais importante para o Senhor José não era beijar, mas dar a entender ao mundo que ainda existe amor e fraternidade no Brasil.

* excepto por um breve período de tempo em que este internado por ter sido apanhado a beijar o chão da Avenida Vargas no Rio.

2004/06/22

Late Night Post #02


O Do Not Love Too Long

SWEETHEART, do not love too long:
I loved long and long,
And grew to be out of fashion
Like an old song.
All through the years of our youth
Neither could have known
Their own thought from the other's,
We were so much at one.
But O, in a minute she changed -
O do not love too long,
Or you will grow out of fashion
Like an old song.

William Butler Yeats

Euro Comix #03

Detalhe da terceira bd Euro Comix, a série que o Paulo e o Nuno estão a fazer para o Die Wochenzeitung [para saber mais, ver este post].


Nuno Saraiva © 2004

Esta semana sobre essa violenta demonstração pública de patriotismo que são as bandeiras penduradas na janelas e varandas. Mesmo a propósito, o nome da série é Euro Comix, mas o título e o tema de cada história andam sempre à volta da palavra febre, ou seja, e por ordem de publicação,
#03 Febre da Bandeira
#02 Febre do Amor
#01 Febre do Relvado.

2004/06/19

Euro Comix #02 [Repost]

Aqui está outra vez o detalhe da segunda bd Euro Comix que o Paulo e o Nuno estão a fazer para o Die Wochenzeitung
[para saber mais, ver este post].


Nuno Saraiva © 2004

Obrigado a todos os leitores que me avisaram por e-mail que o post original sobre este EC#02 tinha desaparecido do blog, e nem eu percebi como!, mas fica aqui o detalhe e um pedido de desculpas.

2004/06/18

Ais & Uis

ESCRITA FINA de AMANHÃ
Nuno Saraiva © 2004

Amanhã na Única do Expresso fala-se destes dias que são feitos de cores nas ruas, muito laranja holandês, azul grego e amarelo sueco, mas sobretudo muito vermelho escaldão.

Não havia volta a dar-lhe, aquele jogo contra a Rússia era de vida ou de morte, ou como o Luís Felipe disse mata-mata, e nós não podíamos faltar.

Nestas coisas há quem faça contas, mas falar também ajuda, por isso resolvemos a nossa ansiedade assim, com muitos ais e uis.

A Tia é Doida?!

Foi o que me perguntam por e-mail [ali, do lado direito], e só posso responder que sim, que até tenho Os Normais da Fernanda [que andou por cá com A Casa dos Budas Ditosos, uma peça baseada na obra homónima do João Ubaldo Ribeiro], e que às vezes não resisto a cantarolar esse épico popular que é o Você É Doida Demais do Lindomar Castilho.

Mas aquilo que me deixa mesmo doida é saber que o Lindomar, além de ter jogado no Sírio Libanês, matou a mulher. Nisso vê-se que aqui e lá alguns homens são iguais, até nas explicações, como diria a Fernanda: iztu é xô-canti!

2004/06/17

São Flores, São

Engraçado, ontem à noite, pelas ruas, a nossa gente parecia mais satisfeita do que feliz. Quem andava mesmo feliz eram os outros, mais um bocadinho, e até nos ofereciam flores.

2004/06/12

Euro Comix #01

DIE WOCHENZEITUNG
A convite do Die Wochenzeitung, nome complicado, quem me desenha e escreve todos os Sábados na Única, ou seja o Nuno e o Paulo, vão publicar até meados de Julho histórias sobre o Euro neste jornal de referência helvético-germânico.

Esta primeira história foi sobre a febre dos relvados, a da próxima, contaram-me, irá falar sobre um inglês que chegou ao Euro em passo de corrida e sobre adeptos hiper-heterossexuais.
É bem, é bem.

2004/06/10

Selecção Natural

ESCRITA FINA, ESCRITA ÚNICA
Hoje na Única do Expresso, além da nossa bandeira, ficam a saber que o Euro 2004 não começou com um jogo de pés, mas de mãos e muita aflição.

É que durante esta semana foi um ui de rodriguinhos e carrinhos violentos para ver quem era convocado para ir abertura. Quem não apanhou o convite, desceu à Liga de Honra Rosa Choc.

2004/06/09

Post-It

O amor deveria ser sempre assim, lacónico.

Late Night Post #01


This Is Just To Say

I have eaten
the plums
that were in
the icebox

and which
you were probably
saving
for breakfast.

Forgive me
they were delicious
so sweet
and so cold.

William Carlos Williams

2004/06/08

Lady Killer

A conversa continuou, e depois de Serralves, foi inauguração do Metro. Afinal, a senhora que ofereceu as flores ao nosso Primeiro, não chorava de comoção, chorou é de tanto ter sido insultada por quem lá estava.

É bom saber o que acontece, mas agora chega de província.

Meia-Noite nos Jardins do Bem e do Mal

Disse-me, quem é de lá, que a festa em Serralves foi espantosa, havia de tudo: quase-artistas, críticos da estrelinha, músicos reformados, feirantes de arte e muita, muita gente à procura da tal borla, sobretudo famílias que confundiram Serralves com o Estádio do Dragão e os Televison com a banda da Praça da Alegria.

As aparições mais notadas, e já noite dentro, foram as de António Costa, com um casal de amigos, e Nuno Cardoso, acompanhado de falta de ar, ao que parece por se ter perdido nos tortuosos caminhos do jardim.

Disse-me, também quem é de lá, que um dos nossos críticos de arte comentou que à noite, a falta de iluminação e a gente que andava às cegas, fizeram dos jardins a melhor instalação que Serralves teve nestes últimos 5 anos.

O próprio crítico também andou às cegas, entregue à reflexão sobre o que é isso de arte contemporânea, mas depressa encontrou caminho seguindo o lampião de insultos de uma família que ia mais à frente.

Os mais pragmáticos fizeram a pergunta óbvia, com um mecenas como a Galp, como é que ninguém em Serralves se não se lembrou de iluminar os caminhos com candeeiros a gás?! Resposta imediata de um político local que saltou de trás dum arbusto: no poupar é que está o ganho.

2004/06/06

Barriguinhas Fosforescentes

Ver amigas com barriguinha a saltar fora do top é quase obsceno, agora só espero é que os nossos homens não alinhem na moda dos fatinhos à Tron.

2004/06/05

Girls & Kitchen Revisitado

ESCRITA FINA, ESCRITA REDONDA
Hoje na Única do Expresso temos Gelsenkirchen, essa terra de reencontro espiritual deste Portugal que por aqui está perdido de melancolia, mas por lá foi uma nação positiva.

Não importa se Fátima recriada para uns, ou Alcácer Quibir remendada para outros, o nosso novo santuário é Gelsenkirchen.

15+5=40

Um non stop de parabéns para Serralves, que neste fim-de-semana festeja 5 anos do Museu e 15 da Fundação numa festa de 40 horas!

Na newsletter fiquei a saber o programa todo da festa, só espero chegar hoje ao Porto a tempo de ver os Television no Parque, e não perder a respiração como o Steve McQueen, um desses rapazes do Goldsmiths College que deu em yBa, quando atravessar “a álea que leva até à casa e a capela”.

2004/06/04

Exercício Prático

A B C D E F, pronto, vê-se que funciona!